As Palpáveis Texturas

As Palpáveis Texturas

Desde pequenos, aprendemos que cada objeto possui uma textura e que cada textura é capaz de produzir um tipo de sensação em nós. Trabalhar com essas sensações é uma ferramenta que o profissional pode utilizar para instigar as lembranças dos clientes.

Logo nos primeiros anos de vida, somos capazes de ampliar a capacidade de expressão e conhecimento que temos do mundo. Através das texturas, profissionais de pedagogia fazem uso de diferentes materiais para trabalhar a motricidade fina e desenvolver a imaginação, criatividade e percepção pelo tato.

Foto por Jakob Owens

Não são raras as vezes em que precisamos projetar utilizando uma paleta de cores sóbria e monocromática. Como sabemos, as cores são capazes de estimular o desenvolvimento da criatividade, mas quando não há possibilidade de usar cores, podemos e devemos fazer uso das texturas para esta finalidade.

Foto por Syda Productions

O design de superfície é a atividade responsável por criar toda essa gama que conhecemos, pois desenvolvem texturas visuais ou tácteis, apresentando soluções aos mais variados tipos de materiais, sendo uma das áreas mais vastas do design.

Foto por Photographee

Após a criação da textura, cabe ao profissional a melhor utilização do mesmo para proporcionar conforto e aconchego ao ambiente, e para isso é interessante entender o que cada textura pode causar nas pessoas.

Veludo: tecido que está super em alta no momento, consegue trazer requinte para o ambiente, remetendo ao conforto, aconchego e calor, pois seu toque é muito suave. Se tratando de estilo, com ele podemos criar ambientes vintage ou retrô com aquele toque romântico.

Foto por Photographee

Metais: os metais como o ferro e o alumínio são contemporâneos, porém frios e com uma pitada high tech. Por serem materiais rígidos, podem deixar o ambiente apático se não equilibrados com outras texturas, mas são a escolha perfeita para aqueles projetos industriais, modernos ou até mesmo rústicos.

Foto por adpePhoto

Madeira: por ser um material com excelentes características térmicas e agradável ao toque, traz conforto ao cômodo. Sua capacidade de absorver os sons também auxilia na sensação de aconchego, combinando perfeitamente com qualquer estilo.

Foto por Photographee

Pedras: geralmente são frias, sendo a opção perfeita para regiões muito quentes. Seu impacto visual vai depender do acabamento dado, podendo variar do rústico ao delicado. Quando bem acabadas, conseguem trazer leveza ao projeto, e podem ser usadas nos mais variados estilos, sendo seu uso determinado pelo acabamento escolhido.

Foto por alexandre zveiger

Vidro: é um excelente material, pois permite a passagem de luz, criando a ilusão do ambiente ser maior do que realmente é. Pode ser usado em diversos estilos com essa finalidade, mas certamente o moderno é o que mais apresenta vidro em sua composição.

Foto por bezikus

Tecidos e papéis: proporcionam sensações de aconchego e conforto, pois assim como o veludo, são agradáveis ao toque. Por possuírem características absorventes, conseguem atuar como isolante acústico. Todavia, também conseguem absorver a fumaça e o cheiro do ar, ficando sujos e com mau cheiro facilmente. Dessa forma, devemos tomar cuidado com o local onde esses elementos serão colocados.

Foto por svetlari

Imitações: com a tecnologia, conseguimos imitações perfeitas de alguns materiais, como a pedra, por exemplo. Entretanto, é bom lembrar que mesmo com o efeito visual semelhante, a sensação ao toque é diferente, pois ele não mantém a mesma temperatura do original.

Foto por Photographee

por Refresher